quinta-feira, 29 de maio de 2014

EXEMPLO DE PROCEDIMENTO

Sempre estamos reforçando aos nossos visitantes que pratiquem os PROCEDIMENTOS  (vide link no menu do lado direito)
Quando vemos que o profissional se empenha para colocar os procedimentos em prática, ficamos felizes pois a solução é quase imediata, veja abaixo o que ele nos enviou para a identificação de um implante que apareceu em seu consultório.




A PERIAPICAL pode não estar legal, mas ele não parou por aí, veja abaixo a próxima imagem.







FOTOGRAFOU A PLATAFORMA DO IMPLANTE, o que deu para observar que existe um anel saliente (alto relevo) na base, observamos também  que antes de chegar no hexágono (parede interna) verificamos uma parte lisa... 





FOTOGRAFOU O COMPONENTE (inermediário, se não tivesse poderia ser a prótese ou o que estivesse instalado no implante)
Observem que a foto A não diz muita coisa, pois a pate do encaixe esta sem travamento (sem hexágono) mas a foto B nos mostra que existe um anel baixo relevo, este encaixa no anel alto relevo do implante.
A

B   

 Se colocar um componente sem esse "canalzinho" (baixo relevo) sobre o implante, não vai dar assentamento, pois ambos tem que encaixar ("tipo macho e fêmea").

TEMOS ATÉ ESTE PONTO 50% DA SOLUÇÃO, pois por eliminação já sabemos que implante é, porem existem compatibilidades... o que esta faltando???????

50% da solução A ROSCA, veja a seguir;

TESTOU A ROSCA do implante, isso poderia ser feito utilizando um parafuso da UCLA branemark 4.1, é um parafuso comum que a maioria dos profissionais da área tem,  testar nos informar o ocorrido, mas no caso do Dr Marcus, não somente mediu com um especímetro mas também fotografou a medição!!

C
D










CASO SOLUCIONADO!

PARABÉNS DR MARCUS PELO EMPENHO E PROFISSIONALISMO!
Não esperamos que todos façam 100% dos procedimentos, as vezes existem algumas dificuldades, mas que se esforcem para obter o máximo de informações possíveis para podermos ajuda-los.


UNICA
Soluções especiais.
unica.me@hotmail.com




sexta-feira, 23 de maio de 2014

NOSSO EMAIL

Alguns clientes vem reclamando sobre a dificuldade de se comunicar conosco, informamos que fazemos o possível, porem alguns arquivos são grandes e não chegam ate nós por algum motivo, outro fator também que estejam digitando o endereço errado, então repetiremos aqui:


unica.me@hotmail.com


segunda-feira, 3 de março de 2014

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO - STG

Protese Total Sistema STG - Sistema Tomas Gomes

Temos a preocupação de divulgar assuntos que possam ser de utilidade e que seja realmente boas, indicamos o curso de aperfeiçoamento do TOMAS GOMES  que é referência no mercado, simplesmente dispensam as apresentações.
Veja na lista de links a pagina do curso.

Abraços.
Equipe Unica

sábado, 20 de julho de 2013

IDENTIFICAÇÃO


PROCEDIMENTOS INDISPENSÁVEIS

Executar os procedimentos é importante, pois isso acelera a solução do seu problema, quanto menos se empenhar, mais difícil e demorado será a solução.

LEMBRE-SE  

 NOS ENVIAR UMA PERIAPICAL E FAZER   O TESTE DA ROSCA É IMPRESCINDÍVEL

VISITE A PAGINA PROCEDIMENTOS !







UMA BOA FOTO AJUDA



Da mesma maneira que algumas vezes é possível identificar o implante apenas com uma periapical bem tirada, uma foto  pode ser muito elucidativa, algumas empresas tingem a plataforma do implante ou componente protético, outras tem seu encaixe característico, etc.

Para tirar uma foto atualmente é coisa bem menos complicada do que já foi no passado, hoje qualquer máquina pode dar uma definição de 3 mega pixels no mínimo, o que já é o suficiente para ter uma boa visão de elementos pequenos, uma vez que este parâmetro de definição nos permite ampliar a foto pelo computador. 

Esclarecemos que fotos de celular não representam informações reais, os mega pixels de celulares não são reais, principalmente se a maquina ou o celular for chinês.


Veja alguns exemplos de fotos bem tiradas, outras nem tanto.

fig 1


A figura 1 um já conseguimos visualizar que se trata de um Implante Hexágono interno curto, apenas empresas especificas fabricam este padrão, e por eliminação já afastamos um milhão de possibilidades.
Num caso destes resta-nos somente descobrir a rosca do implante e a medida do hexágono. Assusta, mas é mais simples do que parece.


fig 2
Quanto a figura 2,  o cliente nos manda uma foto como essa ficamos bem felizes, pois sabemos que a solução é rápida.



fig 3
Hexágono curto é o mesmo caso da fig1



O caso da figura 3 é tipico Cone Morse, percebemos pela angulação do componente
que é cônico, cuidado para não confundir com componente de implantes antigos sem travamento protético, estes já não apresentam a forma cônica nas proximidades da rosca.
Foto excelente.


fig 4





A figura 4 pode não parecer útil pois o componente aparenta ser rotacional, mas é bastante elucidativa, observe que ele tem um prolongamento antes da rosca em seguida um anel antes da cinta, este oring tem as características de um componente de Hexágono Interno Longo. Esta fácil resolver.

fig 5

Esta foto da figura 5 não esta  boa, mas o profissional deu sorte, esta claro que se trata de um Hexágono Interno Curto e um Longo, inclusive com uma cor característica, isso porque um ao lado do outro dá para fazer uma comparação, agora ficou fácil.


fig 6


Na figura 6 a foto esta maravilhosa, dá até para observar um esteticone cortado no canto direito, a imagem central esta perfeita... com certeza ele tirou esta foto em alta definição.



Podemos afirmar que uma boa foto é  aquela que dá a possibilidade de ampliação, sem que ela pixelise ( perca definição) na hora de ampliar.

Poderíamos postar um milhão de fotos, mas imagine o seguinte:

O profissional esta em dúvida e nos manda uma radiografia bem definida, uma foto legal, testou a rosca do implante da melhor maneira que pôde, derrepente nos envia um parafuso que ele testou e deu certo...  
 a possibilidade de solução rápida é indiscutível.

_______________________________________________


sexta-feira, 19 de abril de 2013

EVITANDO QUEBRA DE PARAFUSOS


A prudência pode salvar a gente de uma grande dor de cabeça, pensando nisso fizemos este post, nem que seja só para refrescar a memória. 

Podemos estar sendo repetitivos, mas se prestar atenção, são situações diferentes com respostas semelhantes .

PARA EVITAR QUEBRA DE PARAFUSOS:
Encaixe o parafuso e com a chave digital sem forçarfique atento e desconfie se... 



           Se estiver entrando apertado
           (a rosca pode estar fora de padrão ou não ser deste implante)
           Consequência:  Não ponha força logo de início, observe o que esta acontecendo 
                                     primeiro, senão poderá danificar o implante e até quebra-lo se ao        
                                     apertar fizer alguma alavancagem.                                  
                              
            Se sentir que chegou ao fim e o componente estiver solto 
            (o parafuso do componente pode estar longo ou a rosca do implante ser curta)
            Consequência: Se não prestar atenção e fizer a mesma coisa do item acima com 
                                     certeza não terá um resultado agradável. 
                     
            Se entrou e o parafuso esta dançando (folgado)
            (o parafuso pode não ser o correto)
            Consequência: Se sair dando torque nesse parafuso achando que é assim mesmo, 
            poderá estar danificando as anilhas da rosca interna do implante .

                                             NUNCA FORCE UM PARAFUSO
                             (independente se o material utilizado for do fabricante A ou B)

Um parafuso foi feito para rosquear passivamente, não para entrar forçado, 
folgado e torto.

Problemas acontecem muitas vezes porque não dedicamos a atenção necessária devido a pressa de resolver outras coisas, concentração é primordial neste caso, pense nisso.

ATENÇÃO
Conseguimos adquirir uma ferramenta para retirada de parafusos quebrados de dentro de implantes, porém estamos averiguando se é eficaz, assim que tivermos os resultados divulgaremos.

Um abraço

Att Equipe Unica
unica.me@hotmail.com



Se tiver alguma correção ou algo a acrescentar, deixe seu 
comentário que acataremos sua sugestão.

Execute sempre os PROCEDIMENTOS do menu no canto direito do blog 

para atende-lo melhor na identificação.

domingo, 14 de abril de 2013

O PARAFUSO QUEBROU



Continuando com nossa conversa sobre problemas, abaixo estamos falando de outra situação que acontece constantemente, sabemos que muitos já passaram por isso, mas para quem não passou aí esta a dica.


Parafuso quebrou dentro do implante e agora?
Neste caso dependendo da altura que quebrou, tente utilizar a ponta de um ultrasom para remove-lo, pode também avaliar se é possível criar uma pequena fenda e utilizar uma chave para retirar, sempre cuidando para não danificar a rosca do implante.

veja esse video removendo o parafuso com a ponta do ultrassom




Não consigo acessar o pedaço quebrado...
Observe, pois se restar ainda pelo menos 4 ou 5 anilhas de rosca, segundo estudos é o suficiente para travar o componente.
Agora, some-se um parafuso com excesso de tolerância (folgado e muito manuseado devido ao tira e põe na hora de confecção da prótese)+ rosca curta =  próteses soltando .

Portando ao utilizar um parafuso para resolver o caso, obtenha um parafuso novo e pode optar por cortar o parafuso para adaptar.

Sugerimos a mesma solução do post anterior, você poderá solicitar um parafuso sob encomenda, podemos faze-lo... mas será que dá pra esperar?

Um abraço

Att Equipe UNICA
unica.me@hotmail.com


Se tiver alguma correção ou algo a acrescentar, deixe seu 
comentário que acataremos sua sugestão.

PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela)

sábado, 13 de abril de 2013

ROSCA - POUCA PROFUNDIDADE


Os profissionais mais antigos conhecem bem certas circunstâncias, pois antigamente muitas coisas aconteciam porque o mercado ainda estava tateando a tecnologia na fabricação de implantes.

Devido a isso os profissionais eram muitas vezes obrigados a improvisar para resolver suas dificuldades, algumas coisas não mudaram e vez por outra sem onde recorrer, mesmo os novos profissionais passam por situações semelhantes.

Antigamente os implantes fabricados no Brasil não tinham um padrão, uns tinham roscas profundas outras curtas demais, então não se surpreenda quando se deparar com isso.

O parafuso bate no fundo do implante, não desce não trava o componente? 
O parafuso do componente pode estar longo ou a rosca do implante pode estar curta, neste caso experimente cortar o parafuso, também é importante que utilize um parafuso novo, pois se ele ficar com pouca rosta (minimo 5 anilhas) é importante que seu travamento primário esteja bom.

Também pode providenciar que alguém fabrique um especialmente para seu caso, nós podemos faze-lo,  mas será que seu paciente pode esperar?

Um abraço 
Att Equipe Unica  -  unica.me@hotmail.com  

Se tiver alguma correção ou algo a acrescentar, deixe seu 
comentário que acataremos sua sugestão.

PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela).
.

sábado, 6 de abril de 2013

ROSCA DANIFICADA




ROSCA DANIFICADA:
Não há um motivo específico, mas um que ocorre com frequência é quando o parafuso do componente é de diâmetro menor que o diâmetro da rosca interna do implante, quando torqueado a rosca do parafuso acaba por danificar o implante e o final é triste como sabemos.

A solução para isso não é simples... alguns procedem passando um macho retificador de rosca, alguns fabricantes de implantes tem esse kit, nós particularmente não opinamos nestes casos...

Já imaginou um macho de rosca quebrar lá dentro?  

Mas pode prevenir esse acontecimento, tendo CUIDADO!
Se um implante surgiu e o profissional não sabe o que é, teste detalhadamente, como por exemplo as roscas que são 2.0mm (comum no mercado) também existem as de  2.10mm, essa diferença não dá para observar de forma simples.
Lembre-se testou a rosca e o parafuso ficou  "dançando" SUSPEITE!
Os  0,10mm ou 0,20mm podem fazer muita diferença, na hora do torque ela poderá ser a solução ou uma outra dor de cabeça.
FIQUE ATENTO!!!

Se tiver alguma correção ou algo a acrescentar, deixe seu 
comentário que acataremos sua sugestão
.
PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela).

domingo, 31 de março de 2013

HEXÁGONO AMASSADO


É BOM OBSERVAR...

HEXÁGONO AMASSADO -  Isso acontece geralmente com Hexágonos Externos e não é raro encontrarmos essa situação, o profissional acha que é uma marca com uma medida de encaixe diferente, quando na verdade  se trata de um simples implante 4.1 HE Branemark. 
Normalmente nesses casos,  percebe-se que a prótese, vista pela periapical, não estava assentada adequadamente.
É quando o profissional que pegou o caso ("o bonde andando"), percebe que o transferente  respectivo não encaixa no Hexágono, até com surpresa, porque ninguém espera que isso aconteça.

Isso pode acontecer quando o monta implante que abraça o Hexágono Externo,  dependendo da forma que é utilizado, pode amassar o Hexágono, quanto o sistema é torque interno (do Hexágono Externo) pode expandir o hexágono, tirando seu padrão de medida. Não estamos afirmando que isso acontece hoje em dia, mas ocorria no passado, várias vezes tivemos contato com essa circunstância.
Por ser titânio,  achamos que se trata de um metal hiper resistente, mas na verdade o hexágono pode ser danificado com um simples alicate

Não estamos aqui para polemizar, apenas esclarecer e oferecer ajuda.

Uma vez que identificamos que é esse o caso, procedemos a fabricação de  peças com uma tolerância maior e resolvemos, mas até descobrir que é isso, há que se diagnosticar.

Um abraço

Equipe UNICA 
unica.me@hotmail.com



Se tiver alguma correção ou algo a acrescentar, deixe seu 
comentário que acataremos sua sugestão.



PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela).

terça-feira, 4 de setembro de 2012

COMO NOS CONSULTAR


Para nos consultar é simples

ATENDIMENTO GRATUITO

1º Mande seu email para unica.me@hotmail.com

2º Nos envie informações  nome, endereço, cep e fone.  


3º Mande-nos a periapical ou radiografia (indispensável) e siga 

    no minimo mais dois passos da página/postagem
  PROOCEDIMENTOS 


Ou Ligue (11)  2337-3396   2209-5287


LEIA E ENTENDERÁ NOSSO TRABALHO!

implante garbaccio 
A muitos anos implantes são colocados no Brasil, inicialmente com implantes mais artesanais (ex: implantes Garbaccio fig ), em seguida vieram os importados acessíveis a poucos devido a seu auto custo e finalmente os fabricantes nacionais.
Empresas de implantes surgiram, algumas fecharam, outras se modernizaram e criaram novos sistemas deixando de produzir outros, porém os implantes instalados desde então não mudaram, ainda estão nas bocas espalhadas pelo país como um enigma a ser desvendado.
Como se não bastassem estas dificuldades, existem outros problemas que não se limitam a identificação.


Exemplos: 

...IMPLANTES IMPORTADOS, um paciente surgiu e o profissional não sabe o que fazer para identifica-los  resolver o problema, nós temos condições produzir peças específicas, num custo de mercado.

...o protético apareceu com um protocolo cone morse instalado supra ósseo 2mm, com dificuldades para executar a prótese e não sabia o que fazer...

... não sei de que implante esta na boca, preciso identifica-lo e preciso destes componentes, como posso resolver?


... o fabricante fechou e não existe componentes para a execução da prótese, e agora?

...o implante esta muito profundo  e necessito de uma cinta de 8mm... preciso de um componente especial para a solução deste caso...

PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela).

KIT DE IDENTIFICAÇÃO


KIT DE IDENTIFICAÇÃO de encaixes e roscas.
HEXÁGONOS INTERNO/ EXTERNO - QUADRADO INTERNO - ROSCAS
INCLUSIVE ALGUNS FORA DE LINHA.







Devido a grande demanda de problemas existentes na área, percebemos que necessitaríamos de ferramentas para resolver tantos casos  (diários), foi daí que surgiu a necessidade de criarmos um KIT DE IDENTIFICAÇÃO para agilizarmos o atendimento rapidamente e de forma eficiente.

Com pesquisa e conhecimento das diversas compatibilidades existentes no mercado, chegamos a primeira edição do kit, ele foi testado com êxito por mais de um ano na solução de  muitos casos de identificação.  


Identifica também, roscas de 99% dos implantes do mercado, mas aí surge a pergunta; e a plataforma?
A plataforma é o menor problema, considerando que podemos com facilidade identificar pela periapical, isso graças aos padrões das peças do kit.


COMO VAI FUNCIONAR?
Explicando de forma simples os encaixes serão denominados por letras  Ex: D
                                           as roscas  serão denominados por numero Ex: 4
A combinação D4 será a solução do caso, bastará que o cliente nos ligue para enviarmos o que ele necessita. 
Não forneceremos peças com a marca e sim as combinação (letra e numero), não poderemos denominar pois não somos autorizados a usar o nome das empresas, também porque o encaixe pode ser de três marcas ao mesmo tempo. 
                                         
Entre em contato:
unica.me@hotmail.com  
fone 2337-3396   2209-5287

PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela).

ROSCA - IDENTIFICAÇÃO




Vamos falar da importancia da identificação da rosca e o que ela representa, voce sabia que existem 11 tipos de roscas circulando no mercado nacional?   Falaremos algumas.
  • 1.4
  • 1.6 (ex Neodente hi)
  • 1.7
  • 1.8 (ex Conexão hi - Sin Hi)
  • 2.0 (ex 4.0 Branemark he  - De Bortolli 4.0 hi)
  • 2.1 
  • 2.2
  • 2.3
  • 2.5 (ex Conexão 5.0 he  Neodente He)
  • 3.0
  • 3.2
  • (os exemplos não identificam o implante, a intenção  é somente uma referência em relação a rosca)
  • Os mais utilizados hoje no mercado nacional são os itens em negrito
  • A lista acima inclui os fora de linha, alguns implantes importados e nacionais, com certeza devem estar surgindo outros, mas não chegou até a gente ainda.   rsrsrs

  • Com certeza voce conhece o implante BRANEMARK 4.1 também
  •  chamado de PLATAFORMA REGULAR.
  • A  característica dele é muito conhecida, é Hexágono Externo 
  • e a rosca interna é de  2.0 mm

  • Sabendo destas informações, quando um paciente sentar na cadeira: 
  • 1º retire a prótese ou o que estiver instalado sobre o implante
  • 2º pegue um parafuso do 4.1 HE Branemark que é muito comum no mercado, 
  • 3º teste a rosca, verifique se rosqueia, se não entra ou se passa direto

  • Nos informe a ocorrência quando nos enviar a periapical via email, desta forma por eliminação, estaremos mais próximo de identifica-la.
  • Se tiver outros parafusos, teste e nos mande o que encaixou, isso será bem elucidativo.
  • É importante o cuidado na identificação da rosca, comece sempre testando a rosca do maior diâmetro para menor, pois muitas vezes o profissional poderá estar testando uma rosca crendo que é uma rosca 1.6, quando na verdade ele esta encaixando o parafuso numa rosca 1.7, a diferença é muito sutíl, alem do mais, nem todos os fabricantes de implantes seguiam um  mesmo padrão de tolerância (antigamente nem sabíam  o que era isso), isso pode causar distorções de julgamento, mas não considere isso um fantasma, o que dará realmente a palavra final sobre qual é o implante é o conjunto das informações:
A ROSCA É 50% DA IDENTIFICAÇÃO


  • rosca+encaixe= definição do implante
Um abraço - Equipe Unica - unica.me@hotmail.com


PRATIQUE OS PROCEDIMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE IMPLANTES
(menu no canto direito da tela).

OUTROS ENCAIXES - VISUALIZAÇÃO

Numa porcentagem menor, os encaixes existentes que não representam as classes dos hexágonos e que atuam no Brasil são os seguintes:

fig 01



Este é um Cone morse simples (fig1), apenas travado com o embricamento das paredes do cone, fica claro que identifica-lo visualmente não há novidades.
Geralmente a plataforma é lisa, mas  algumas marcas nacionais tem cortes na base da plataforma. 
fig 2





Algumas marcas de implantes tem em sua linha de implantes CM um travamento, podedom ser hexagonal, dodecágono, ou encaixe especifico (único prório da marca), como é o caso do Anklyos, Bone Level, entre outros.













Esses travamentos ficam na extremidade do cone próximo a rosca.

                          .......................................

Já este implante é mais comum no Brasil o encaixe é hexagonal na parte superior e estrelado na parte inferior, trata-se de um implante fabricado pela Biomet.
Observe bem a plataforma do implante pois a cor poderá ser útil na identificação das dimensões deste implante.


......................................

Este é um cone morse com dodecágono (ou duplo hexágono) na parte inferior do cone, são os chamados cone morse indexados.





                                                                                                          
                                                               ......................................



Muito utilizado no Brasil, este é um Octágono interno da ITI, já atendemos casos de implantes estrangeiros com características semelhantes. 


.....................................


Quadrado interno, se você nunca viu, pode ser que ele um dia apareça em seu consultório, trata-se de um implante fora de linha U I muito utilizado no início da implantodontia no Brasil.
Mas temos outro semelhante com rosca e encaixe quadrado com medida diferente e que precisa ser observado.


       ................................

Este implante tem um encaixe específico, trata-se de um Intra Lock travamento interno.





                                                              ..................................


Este é um implante de Tripóide da marca BT Lock, observe a cor da plataforma, pois elas se referem as medidas.




.......................................

Outro Tripoide, este mais comum no mercado nacional, trata-se de um Select observe se a plataforma deste tem alguma cor, mas recentemente descobrimos  uma empresa  nacional com   
                                                                            encaixe semelhante.
                 ...........................................
                                       
10





Este é um implante do grupo Zimmer observe o encaixe do componente sobre o implante (veja a figura a esquerda)






......................................................................................................


Existem várias empresas de implantes no Brasil que oferecem essa tipo de opção, trata-se de um 
IMPLANTE ÚNICO
 

Seu formato pode lembrar um abutman (intermediário) e ter travamento que pode ser quadrado, hexágonal ou simplesmente ter um travamento como um simples munhão definitivo para cimentada.
..................................................................................................................................................................

Estes são implantes de encaixes diferenciados mais comuns no mercado nacional que o profissional tem  grandes chances de ver em seu consultório, fora estes e os Hexagonais, podemos dizer que a solução é um pouco mais complexa,  mas não impossível,  já demos soluções protéticas a muitos casos de implantes estrangeiros.

A identificação do cone morse ao mesmo tempo que parece simples é complexa, pois para identificar ou solucionar algum problema,  será necessário retirar algum componente ou prótese que esteja instalado na boca do paciente para averiguarmos, o profissional terá que nos enviar junto também uma periapical do implante..

O visitante deste blog perceberá que evitamos na medida do possível mencionar nomes, na verdade não sabemos se isso é autorizado ou não, então fomos discretos.

Na verdade queremos que o profissional use este site como referência, para que quando entrar em contato,  tenha alguma informação para somarmos aos PROCEDIMENTOS (vide menu no canto superior direito da tela) e assim  agilizarmos sua solução.